sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Pentágono busca Apple para tecnologia de guerra



http://www.geeky-gadgets.com/wp-content/uploads/2010/09/war-machine-macbook-decal.jpg
Não, não vai rolar.

Todo mundo já sabe que a Apple está envolviva em guerras de patentes, guerra comercial e guerra contra o Android (porque o Windows Phone não conta), mas agora o Pentágono quer levar as Applewars a um novo nível.

Só que eles estão em busca da Apple por uma coisa que ela não faz há uns 30 anos: inovação. Todo mundo que manja minimamente de tecnologia SABE que a Apple não inova faz tempo. 

Inventou o tablet? Não fala besteira, menino! Os tablet PCs já existiam! Inventou o smartphone? Não fala merda, garoto! Vai lavar essa boca com sabão! Se bem que a culpa não é só da molecada, já que os picas generais do Pentágono ainda acham que a Apple inova!

http://rocketdock.com/images/screenshots/gears-apple.jpg
iKillya
 E não é qualquer inovação, não: eles estão se aliando à Universidade de Harvard e a empresas como a Apple e a Boeing para desenvolver equipamentos tecnológicos vestíveis e outros para serem colocados no exterior de aviões a jato.

O único ponto em que vejo como acertada a decisão de buscar a Apple é por ela ser uma empresa all-american (já que a MS é gerida por um indiano e o Google tem um sócio russo), mas convenhamos que inovação, mesmo, tá difícil.

O Secretino de Defesa, Ash (oh, nomezinho cruel! Significa "cinzas" e só me faz lembrar de Pokémon!) Carter diz que é melhor o Pentágono fazer parcerias com o setor privado do que desenvolver sua própria tecnologia, por uma questão de economia de custos e velocidade de desenvolvimento, e nisso ele tem razão.
 
Secretário de Defesa norte-americano Ash Carter fala em conferência em Tóquio
Ass Carter: "com a tecnologia de baterias explosivas da Apple, avançaremos na guerra!"
Também diz que tem incentivado os militares a buscarem inovação no Vale do Silício, acrescentando que a nova tecnologia visa criar formas de monitorar em tempo real a integridade física de soldados e, também, a integridade estrutural de navios e aviões de guerra.

O projeto tem prazo de 5 anos e orçamento federal de US$ 171 milhões de dólares.

Será que no futuro teremos equipamentos élficos mágicos para a guerra? Será que lançarão o iWar? Substituirão aquela camuflagem cafonéééérrima dos uniformes dos soldados pelas cores do arco-íris? Será que os equipamentos se entortarão?

Alguém, por favor, chame o Veritas e o zanac_compile para termos opiniões isentas sobre o assunto.

Fonte

MRJ