quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Surprise, modafocas!

Assim morre outra vez meu coraxaum...

Depois de meses sem blogar, resolvi dar uma chance ao azar, mas dessa vez vou fazer diferente. A princípio (talvez por 1 semana) não vou divulgar este blog. Vou deixá-lo aqui, e quem achar, achou. Vou deixando umas pistas aqui e ali, só pela zoeyra. Mas este é um post legítimo, e ele continua, pode abrir que tem uma zoeirinha abaixo.


Outro dia eu estava no fluxo na casa de alguém da família, vendo o Jornal da Band (que eu também costumo ver). Até aí, tudo bem. Só que quando acabou, a pessoa não mudou para a Globo, para ver o JN. Achei estranho e falei: "ih, acabou o jornal", pra ver se a pessoa se mancava. Aí veio a surpresa: "Ah, é. Agora vai começar a minha novela".

PQP. Eu havia encontrado uma das 3 ou 4 pessoas desse Brasil HUEzeiro que efetivamente assistem a novela "Mil e Uma Noites"!  Eis aí uma surpresa desagradável. Aliás, surpresa nenhuma, porque, como já contei aqui, eu sempre fui para-raios de maluco.

A novela é de uma escrotidão profunda. Eu ia começar pela dublagem mal feita, mas depois refleti e tenho que dizer que a dublagem é só meio mal feita, porque a língua original da ~série televisiva~ é o Turco. Se nego já dubla mal o Inglês, o que dizer do Turco!

A produção e a atuação são tão maravilhosas que só ganham do Chaves e Chapolin (e eu ainda sinto falta dos risos da plateia ao fundo). 

Os nomes dos personagens são um show à parte. Tudo começa com Sherazzade (que aqui no Rio é sinônimo de motel) e seu patrão, o senhor Onur (ô nu). No melhor estilo Proposta Indecente, ela fica viúva e tem um filho doente, e o senhor Onur promete um dinheirão se ela transar com ele apenas por uma noite.

A partir daí, a coisa começa a se desenrolar e você é apresentado a outros personagens com nomes trava-línguas, como Kaan Evliyaoğlu, Nilüfer Aksal,

Kerem İnceoğlu, Bennu Ataman, Mihriban, Firdevs, Ahmet Evliyaoğlu, Ali Kemal Evliyaoğlu...

Se você olhou algum desses nomes e conseguiu identificar quem é homem e quem é mulher, só tem duas explicações: ou você é de família turca ou assiste essa joça. E não me venha com essa de que é sua mãe que vê.

Maaaaaassss, como bom malcriado que sou, fui pesquisar mais a fundo (uy!) e logrei encontrar a cereja no bolo justamente na Wikipedia:

E aí, achou a cereja do bolo?

Talvez você seja analfabeto funcional, cegueta ou simplesmente preguiçoso não consiga ver, então, vou ajudar: ENHANCE!

SURPRISE, MODAFOCA!

Sim, amigos, o nome do autor da novela é Mehmet Bilal (ou, em bom Português, "me mete bilau"!).

Depois de ver o nome do autor, liguei o nome à pessoa, já que o Onur quer pagar a Sherazzade justamente para meter-lhe o bilau, e aí passei a respeitar a novela, porque deve ser baseada em fatos reais. Um plot twist desses nem o Manoel Carlos conseguiria bolar!

Aposto que tem gente por aí que não perde um capítulo da novela do Mehmet Bilal!

MRJ

PS: as regras da casa continuam as mesmas. Comente "first" e ganhe uma trollada.
PS2: Meditabundamente é um nome muito grande. O apelido da bagaça é MDM. Não, pera! Isso já existe. MBM, então!