quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Gatos x Satanás: mito ou realidade



Conheço um senhor que me contou uma história muito interessante e curiosa. Ele conta que é filho de portugueses e, como não era muito chegado a estudar, matava aulas e ia à praia com a molecada, e também ia fazer merda brincar com sua galera da zoeyra em uma pedreira que havia perto de sua casa.


Certo dia, a molecada estava na pedreira, quando alguém resolveu pegar umas pedras e ~brincar~ de atirar pedras nuns gatos que havia por lá. E todo mundo acompanhou, mas nosso herói aparentemente era dotado de pontaria ninja ou poderes sobrenaturais, porque, numa dessas, acabou acertando o quengo de um gato, matando-o.

Acontece que sua mãe, uma senhora portuguesa muito católica era, também, muito influenciada por uma vizinha espírita, versada nas artes do mau-olhado e trazer a pessoa amada em 3 dias.
A vizinha manjava dos paranauês, mizinfio!
De alguma forma, veio aos ouvidos da mãe do menino a notícia de que ele havia atirado o pau pedra no gato e o matado, e ela, sabe-se lá por que, acabou conversando com a vizinha macumbeira espírita sobre este fato. A vizinha, assumindo uma postura corporal estranha, teria passado a falar com voz gutural e declarado: "MATAR UM GATO DÁ UM AZAR DESGRAÇADO!!!!".

Depois dessa, se você ainda duvida que gatos são seres do DEABO, pode ter absoluta certeza. Ou consulte Capiroto, o capeta caipira, aí embaixo, nos comentários. Enfim: a mãe do menino agora estava em desespero, porque seu pimpolho estava devidamente amaldiçoado! Que fazer para aplacar a ira do Sete-Peles?
Um gato não perdoa jamais. Nem depois de morto.

A mesma boca que proferiu a maldição trouxe a solução: a vizinha declarou que havia, sim um jeito, um único jeito, mas que era um método infalível: para tirar o azar, o menino deveria matar mais 7 gatos. Lógica vulcana, SQN.

Eu imagino a cena: o moleque super tenso, tomando esporro da mãe por ter matado um gato - provavelmente até apanhando enquanto levava a bronca - e, no final, a surpresa: "agora volta lá e mata mais 7 pra tirar o azar".

Assim, meus irmãos, a lição de hoje é a seguinte: não confiem no inimigo! Quando você acha que tem um pacto com ele e que ele vai te defender, ele dá uma rasteira e atinge a sua família, assim como fez com o gato! Você foi avisado, Eric!

Não esqueçam de depositar suas contribuições nos comentários.

OBS: Se você ainda é um daqueles trouxas que acham que Chaves é um seriado inocente, ABRA SEUS ÓLEOS!

Faça como este irmão e procure HOJE uma sessão de descarrego mais perto da sua casa:


Pastor MRJ