quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Gizmodo Brasil: tem jeito? - Parte 3


Como vocês todos já sabem, o Gizmodo Brasil é o culpado por este blog existir. Não só por este blog, mas, também, pela amizade virtual de uma turma da pesada que apronta altas confusões e que acabou por gerar outros blogs, como o ODZ, o EdA e até o PduV. Mas, queiramos ou não, tudo acaba convergindo no Gizmodo.

Já escrevi uma primeira parte sobre este assunto, uma segunda parte e agora me vejo obrigado, diante de fatos novos, a retomar a pergunta: tem jeito?


No último dia 14, o Gizmodo soltou um post informando que já havia alguns dias que a antiga editora havia saído e que o blog se encontrava sob nova direção.

Alguns, a princípio, torceram o nariz porque o cara veio do UOL, mas todos resolvemos dar uma chance. Ainda assim, como cachorro mordido de cobra tem medo de linguiça, resolvi criar um post para discutirmos aqui, na segurança do meu blog, os rumos que nosso querido Giz seguiria a partir de então.

Porém, já naquele dia 14/10 me bateu a preocupação, quando li - e printei - a auto-apresentação do novo editor:

Erro de digitação. Hoje, diz "umas paradas". Confira aqui.

Isso já foi um sinal de alerta. Será possível que, depois de anos e mais anos reclamando da pauta incongruente, das traduções ridículas, dos erros de Português e da falta de revisão nós nos veríamos, ainda, reféns dos MESMOS problemas?

Sim, neste novo período já houve casos de tudo isso, mas nada pode ser comparado ao que aconteceu hoje, neste post, escrito pelo próprio editor-chefe!

Conferir as fontes faz parte do bom Jornalismo?
Eis que, não mais que de repente, aparece um comentário maroto, ou melhor, dois, que acabaram por alertar toda a comunidade. Tratei de correr atrás da informação, e, mais uma vez, o Gizmodo passa vergonha: as tais raquetes, afinal, são regulamentadas pelo INMETRO desde 2009.

Surprise, modafoca!
O safado do Raposão, em poucos minutos, fez uma pesquisa em cima do meu comentário e soltou um post detonando o Gizmodo por [mais] essa falha ridícula, de ter afirmado que não havia regulamentação onde claramente havia.

Conforme ele fez constar, as raquetes elétricas entram na classificação "Exterminador Elétrico de Mosquitos (raquetes e outros)" do INMETRO, conforme o Procedimento de Fiscalização de Aparelhos Eletrodomésticos e Similares - Certificação Compulsória e regulamentado pela Portaria INMETRO - 371/2009.

Tá aí o regulamento.
Mas isso não é tudo! Confira comigo mais um trecho da reportagem escrita pelo editor do Giz:

Masoq?
Descarga elétrica agora fecha circuito? Peraí, deixa eu consultar os universitários comentaristas:

Ata!
Minha triste conclusão é a seguinte: o Gizmodo Brasil foi amaldiçoado. Tem uma cabeça de burro enterrada lá no prédio onde fica o escritório deles. Pode mudar editor, estagiário, até computador, que não vai ter jeito. Ou melhor, parece que só tem um jeito:

Corre lá, Gizmodo. Urgente!
MRJ