quinta-feira, 29 de outubro de 2015

HERO-glifos

A lenda de um carcaju e um ciclope  disputando o amor de uma fênix

No começo do ano, estive em Londres e Paris, onde pude apreciar de perto muito material roubado escavado do antigo Egito. Não que isso fosse grande novidade, porque aqui no Rio temos o Museu Nacional, onde também há uma exposição egípcia, com papiros, sarcófagos e múmias originais trazidos por D. Pedro II.

Depois de passar a vida vendo a mesma exposição aqui no Rio, foi impactante ver o tanto de coisas que há em Londres e Paris. E agora dou de cara com o trabalho de um artista que juntou a fascinação que temos pelo Egito com o hype atual da cultura pop. Ficou sensacional. Curtam!

Uma princesa e um jovem que sempre é confundido com ela. Não é o Legolas.

Um faraó de armadura e seus amigos numa missão para vingar sabe-se lá o que.

Um jovem casal pede a bênção do Faraó de Ferro

Os magos do faraó enfrentam espíritos malignos

Jovens egípcios inconsequentes enfrentam o perigo em Tebas

A guarda do Faraó em ação

Antes do Escorpião-Rei, tivemos o Faraó-Aranha

Ainda não traduzido, senão por uma frase: "Santa Tartaruga!"

Faraó enfrenta Moisés, ou algo assim

Giorgios Tsoukalos jura que tem algo a ver com Aliens nesse aqui.

O grande barato é que você pode comprar qualquer material desses, seja na forma de poster, camiseta, casaco, bolsa, almofada, e até relógio de parede (!) direto na página do artista. Cada um custa algo entre 15 e 17 dólares. Se eu tivesse um  bar temático (ou até não temático!), com certeza espalharia alguns.

MRJ, que, para ser honesto, talvez tenha visto antes no Jacaré Banguela. Talvez.